Facebook ou Google: descubra a melhor estratégia para seu negócio

Facebook ou Google: descubra a melhor estratégia para seu negócio


O mercado de e-commerces é um dos mais competitivos atualmente, especialmente no Brasil. Cada vez mais empreendedores decidem abrir seu próprio negócio digital, ou mesmo criar uma loja virtual para atender neste canal além do ambiente físico.

Para garantir que seu e-commerce seja encontrado pelo público alvo, você precisará investir em estratégias de marketing digital.

É verdade que o marketing de conteúdo ajuda a fidelizar clientes e educar o mercado. Mas, caso você esteja atrás de resultados imediatos, vale a pena conhecer melhor sobre como trabalhar com os anúncios pagos e direcionados, disponibilizados por diversas plataformas online.

Hoje, as duas principais plataformas para anúncios pagos são o Google e o Facebook. Por isso, comparando o Google Ads ao Facebook Ads, vamos ajudá-lo a entender melhor suas diferenças e descobrir qual é melhor para seu negócio.

Vale a pena investir no Google Ads?

O Google é, de longe, uma das plataformas mais populares no mundo e o maior mecanismo de busca online. Ele processa em média 5,6 milhões de pesquisas por mês e, quando comparado aos demais buscadores, toma 90.46% da distribuição de usuários. Exclusivamente em território nacional, o consumidor brasileiro faz pelo menos 3 pesquisas no Google diariamente.

Você definitivamente precisa que seu e-commerce apareça nas pesquisas do Google, seja quando um cliente fizer uma pesquisa por um conteúdo informativo publicado em seu blog ou ao buscar pelas melhores ofertas e preços para determinado produto.

Para garantir que suas páginas sejam bem posicionadas nas páginas de resultados do Google, você precisará trabalhar com uma excelente estratégia de SEO Dessa forma, poderá impulsionar seu tráfego orgânico e impulsionar os resultados de sua estratégia de marketing digital.

Entretanto, como bem sabemos, o SEO não é a única forma de aparecer em primeiro nos resultados do buscador. Afinal, o Google Ads garante que você apareça nas primeiras posições e também permite que seus anúncios estejam espalhados por toda a Internet em páginas que disponibilizam espaço de divulgação para a plataforma.

Principais recursos do Google Ads

Um dos principais recursos do Google Ads é a possibilidade de pagar exclusivamente pelos resultados obtidos. Dentro da plataforma, você poderá escolher três modelos para suas campanhas, cada um deles direcionados para objetivos específicos, como indicado no próprio guia de estratégias no Google Ads. São eles:

  • Custo por clique (CPC): ideal para aumentar o número de visitantes em sua loja. No CPC, você paga um valor predeterminado sempre que um consumidor em potencial clica em seus anúncios.
  • Custo por mil impressões visíveis (vCPM): de acordo com o Google, este modelo serve para impulsionar o reconhecimento de sua marca no mercado. Ele utiliza a rede de display do Google para exibir seus anúncios e banners em milhões de páginas na Internet que abrem espaço para o Google Ads. A cobrança acontece quando mil pessoas visualizam seu anúncio.
  • Custo por aquisição (CPA): caso você já tenha um bom número de visitas e já tenha uma marca posicionada no mercado, mas está buscando aumentar suas vendas, alertar para ofertas, descontos ou mesmo novos produtos, o CPA é o modelo ideal. Aqui, você paga por ações do consumidor, como a inscrição em sua newsletter ou mesmo a aquisição de um produto.

Outro grande recurso do Google Ads é sua ferramenta de remarketing, que automaticamente reforça sua presença nas áreas de anúncio da rede de display do Google para que um visitante continue sendo nutrido com suas ofertas após a primeira visita, evitando que ele esqueça sua marca. Vale mencionar que este recurso normalmente é conhecido como retargeting em outras plataformas, mas o Google decidiu nomeá-lo de remarketing.

E claro, o Google Ads conta com um robusto painel de configuração para que você possa acompanhar seus resultados, gerar relatórios e otimizar seus esforços em tempo real.

Vale a pena investir no Facebook Ads?

Independente de seu nicho de mercado, podemos declarar com certeza que seus clientes estão presentes no Facebook. Considerando as estatísticas apresentadas pela Hootsuite, a rede social recebe mais de 2,23 bilhões de acessos mensais por usuários diferentes.

Se você acha este número interessante, gostará ainda mais de saber que, anualmente, o Facebook Ads recebe 22 bilhões de cliques apenas nos anúncios pagos, criados a partir da plataforma. Além disso, mais de 25% das páginas de negócio utilizam o Facebook Ads para atingir seus clientes. A taxa de engajamento com os ads impulsionados pela rede social é de 3.91%, como aponta a pesquisa da We Are Social.

Vale lembrar ainda que a plataforma pode ser utilizada para compartilhar os conteúdos publicados em seu blog, canal do YouTube, entre outros. Unindo os esforços de suas estratégias de Inbound com os anúncios pagos.

Principais recursos do Facebook Ads

O Facebook Ads é apenas um pouco diferente do Google Ads no que diz respeito às formas de pagamento. Aqui, o custo é ajustável diretamente por você, a partir de um valor máximo delimitado para cada tipo de campanha. Este valor pode ser considerado um montante final ou distribuído para cada resultado gerado pela plataforma.

Como você está trabalhando dentro da rede social, o alcance certamente não é tão amplo quanto o do Google Ads e sua Rede de Display, mas ele pode ser melhor direcionado e segmentado para atingir exatamente quem você precisa engajar.

O Facebook Ads conta com diversos filtros que lhe permitem segmentar a sua base melhorar a qualificação dos leads gerados através dos anúncios. Você também pode definir qual é o objetivo de cada anúncio criado na ferramenta para otimizar ainda mais o direcionamento desejado.

Obviamente, ele também não fica para trás do Google Ads no que diz respeito à sua plataforma de relatórios, já que permite acompanhamento e ajustes de sua campanha em tempo real, além de possuir seu próprio recurso de retargeting.

Qual escolher entre o Google Ads e o Facebook Ads?

A resposta certa para esta pergunta vai depender inteiramente de sua estratégia de marketing digital. Para que você tenha assertividade na decisão, o ideal é que realize testes A/B e acompanhe de perto as métricas do seu ecommerce para identificar o impacto de cada ação, em cada plataforma.

Tendo em vista que você possui total controle sobre o orçamento de cada campanha criada tanto no Google Ads, quanto no Facebook Ads, considere fazer experimentos durante um período de tempo para identificar qual plataforma traz o melhor desempenho.

Claro, nada lhe impede também de utilizar ambas ferramentas de anúncios digitais simultaneamente, especialmente para impulsionar suas vendas e resultados em datas especiais, como o Black Friday, Dia do Consumidor, entre outros.

Esteja pronto para captar e reter novos visitantes

Lembre-se, de nada adianta criar excelentes anúncios se você não está pronto para monitorar os visitantes em sua página, de forma que consiga captá-los e retê-los.

Portanto, antes de começar a anunciar no Google Ads ou Facebook Ads, certifique-se de que a página de sua loja virtual está preparada, otimize sua página de produto para conversão e ofereça atendimento em tempo real.

Para isso, trabalhe com um chat online dentro da página de seu negócio para aumentar suas chances de retenção e abordar visitantes através de convites proativos.

JivoChat é uma plataforma que pode ajudá-lo a transformar visitantes em clientes, permitindo o acompanhamento do visitante através do funil de vendas ajudando seu negócio a proporcionar uma experiência diferenciada e personalizada para cada novo visitante gerado através de seus anúncios no Facebook Ads ou Google Ads.

Compartilhar:

Voltar